Como NÃO odiar, como NÃO abominar a esquerda?

  Pra quem não se lembra, a foto do bebê sírio, afogado na praia, correu o mundo e marcou a expansão definitiva do islã no ocidente. Pode-se sim dizer, os afetados que adoram uma frase de efeito, que este foi o começo do fim do Ocidente. Até hoje, muitos não sabem que a foto deste … Continuar lendo Como NÃO odiar, como NÃO abominar a esquerda?

Reflexão: ser mulher e amor – parte 1

Esta é uma reflexão que não conseguirei concluir em um único texto. Serão alguns (muitos) dias, semanas, meses, amadurecendo o quadro como um todo.   A frase de Chesterton, "as mulheres se preocupam com a coisas pequenas, mesmo quando estão a ser torturadas pelas coisas grandes" me fez conectar muitos fragmentos de ideias e fatos … Continuar lendo Reflexão: ser mulher e amor – parte 1

A farsa por trás da morte de Floyd

  Pra variar, eu falo algo espinhoso e já torcem o nariz, desta vez, nem cheguei a postar, bastou repetir o mesmo comentário em dois grupos pra ser banida, desamigada e bloqueada. Então vamos aos espinhos! Quando soube da morte do BAN-DI-DO de Minnesota, percebi que havia algo errado por dois motivos: o primeiro pelo … Continuar lendo A farsa por trás da morte de Floyd

A morte por Corona vírus

"Meu Deus, por que nos abandonaste?"   O medo de morrer por insuficiência respiratória e demais falências relacionadas ao aparelho respiratório tomou conta de uma larga parcela da população mundial, contudo, esta não é a pior morte causada pelo COVID-19, vamos dar uma olhadinha na atual situação social no mundo e descobrir o que pode … Continuar lendo A morte por Corona vírus

A involução das duas metades.

Graças a uma longa conversa com meu generoso amigo Sandro Correia, que detém o conhecimento histórico e metafísico que me faltam, consegui colocar em palavras, um pouco da percepção que tenho sobre o papel da mulher. Este texto é um resumo de nossa conversa, mas com minhas conclusões.   A involução das duas metades.   … Continuar lendo A involução das duas metades.

O mal.

  O mal que a falta de tradição fez (faz) ao nosso povo, é algo no qual sempre penso. Ainda estudarei este tema! Impossível pra mim não comparar uma familia judia, ortodoxa, classe média, comum mesmo, com uma familia cristã (católica ou protestante) brasileira, classe média, igualmente comum. Nós, brasileiros médios, não sabemos detalhes nem … Continuar lendo O mal.